Concurso TJ RS 2022 – Banca Organizadora é Selecionada


TJ-RS seleciona Banca Organizadora do seu Novo Concurso Público 2022. Edital da seleção deve ser divulgado em breve.

O próximo certame vai preencher vagas no TJ/RS ou órgão do Tribunal de Justiça da região do Estado do Rio Grande do Sul. A confecção do documento de edital está quase pronta.


A função de banca organizadora está determinada pela contratação do Instituto Brasileiro de Apoio e de Desenvolvimento Executivo, ou Ibade, conforme o que foi registrado no documento publicado em edição especial do Diário da Justiça, em formato digital, no último dia 13 deste mês de dezembro. A partir desse ponto, o que resta é publicar, definitivamente, o edital que promove a abertura do período de inscrições. Todos os cidadãos interessados precisam estar atentos à próxima atualização que será a publicação do documento.


Estrutura e itinerário:

Este processo de seleção vai disponibilizar em torno de 28 postos, cuja distribuição seguirá o seguinte padrão: 24 postos para cargo no setor dos oficiais de justiça, ficando os demais quatro postos para a função de assistente social. Para as duas modalidades de funções a exigência acadêmica é de graduação universitária. Na área dos oficiais o vencimento inicial mínimo está em 4.712 reais, atingindo, com tempo de carreira, o teto de 9 mil reais, já somadas as gratificações. Na área de assistente social, o vencimento inicial básico está no teto de 6.912 reais.


Para melhor visualizar o modo de aplicação do certame que será realizado, vale destacar um breve histórico do concurso anterior, conforme segue:

O certame anterior para vagas do TJ/RS segue em seu período de validade, pois foi realizado no mês de julho deste mesmo ano, 2021, com meta de preencher cargos na área de técnico em informática; na carreira de analista judiciário e no setor de engenharia civil. Naquele caso, o serviço de banca organizadora ficou por conta do Instituto Brasileiro de Gestão e de Pesquisa, ou IBGP.


O processo seletivo que ocorreu anteriormente a esse foi no ano de 2019, o qual disponibilizou exatamente três postos efetivos para o cargo de oficial da justiça, contando, também, com a formação do cadastro reserva de pessoas. Naquele caso o trabalho de banca organizadora ficou nas mãos dos colaboradores da Fundação Getúlio Vargas, FGV. Este concurso já fechou seu ciclo de nomeações.

Todos os cidadãos interessados, e que possuam currículos em nível superior, poderão participar; por esta razão, é necessário estarem atentos ao próximo passo que será a publicação do edital de abertura, que vai anunciar o prazo de inscrições, o valor da taxa cadastral, as datas das provas, e demais fases dos exames classificatórios e eliminatórios, bem como a relação completa do conteúdo programático a ser seguido.

Por se tratar de cargos que exigem nível universitário de formação, para serem exercidos, todos os futuros concorrentes serão avaliados pelo mesmo padrão e, por isso, será cobrada uma taxa única de inscrição.

Sumário das informações essenciais:

Novo certame vai preencher cargos no Tribunal de Justiça da região do Estado do Rio Grande do Sul. A banca organizadora será regida pelo Instituto Brasileiro de Apoio e de Desenvolvimento Executivo. Cargos na área de Analista e para Oficial de Justiça. Demais detalhes como período de inscrição, datas das provas e das fases de avaliação, conteúdo programático e taxa de cadastro serão divulgados no edital da abertura do certame. Os cargos serão lotados em cidades do Estado gaúcho, conforme o andamento do processo, dado que será formado o cadastro reserva. 24 postos para cargo no setor dos oficiais de justiça e quatro postos para a função de assistente social.


Paulo Henrique dos Santos


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.