Concurso TJDFT 2022 – Banca Organizadora Definida


TJDFT define a banca organizadora do seu novo concurso público 2022. Edital deve ser publicado em breve.

O novo concurso do TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios), de acordo com as novidades que foram divulgadas recentemente, agora conta com uma banca organizadora já definida. A informação foi confirmada pelo próprio órgão, entretanto, o nome da empresa que será a responsável ainda não foi divulgado, e este detalhe ao que tudo indica será divulgado apenas no dia 7 de janeiro devido ao recesso de final de ano.


Levando em consideração esta questão, o edital deverá ser divulgado agora somente no início do ano, pois ainda depende da banca ser confirmada para que ela possa assim tomar as devidas medidas para dar prosseguimento ao concurso. Desta forma, somente no início do ano, quando as operações forem iniciadas, é que este detalhe deverá ser definido. Por mais que não tenha sido divulgado de forma oficial a respeito de qual será a banca responsável pelo concurso, anteriormente a mais cotada para assumir a posição em questão era a Fundação Getúlio Vargas (FGV), mas estes são apenas dados não oficiais. Em breve, estas e outras novidades deverão ser confirmadas ao longo do início do próximo ano, quando os órgãos voltarem a ter suas atividades normais.


No dia 26 de novembro o presidente do órgão, o desembargador Romeu Gonzaga Neiva, havia destacado através de uma publicação de portaria, a 1909, a respeito da criação de da especialidade da análise de dados e especialidade segurança da informação dedicada a carreira de analista judiciário, área de apoio especializado. Estes são alguns dos detalhes relativos ao concurso que já foram divulgados antes mesmo que a banca assumisse a posição de comandar as próximas determinações.


Outro detalhe que já havia sido destacado no dia 23 de novembro foi pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, que havia encaminhado o projeto de lei 3662/21, que transforma cargos de auxiliar e técnico judiciário em outras oportunidades para analistas judiciários. Neste presente momento, o órgão conta com 93 vagas que estão abertas para as funções em questão, de acordo com o que foi destacado através da sessão extraordinária que foi feita recentemente do Tribunal Pleno.


Um destaque que já foi adiantado a respeito do concurso é que para concorrer ao cargo técnico é preciso que o candidato conte com apenas ensino médio como formação. A remuneração apontada como sendo a inicial para o cargo em questão é de R$ 7.591,36. Já para os que irão se dedicar a posição de analista é necessário que possuam nível superior e a remuneração inicial que será ofertada é de R$ 12.455,30.

Diante destas primeiras informações, agora resta aguardar os detalhes mais específicos que serão dados pela banca organizadora. Neste caso, é preciso esperar pelas novidades de janeiro que virão. Mas para que os interessados no concurso já possam se preparar alguns detalhes a respeito do último concurso do órgão podem ajudar. A última vez que o TJDFT realizou um concurso foi no ano de 2015, neste caso contou com a oferta de 80 vagas que foram distribuídas em alguns cargos, eram tanto oportunidade imediatas como também formação de cadastro de reserva. Na época, o órgão também dedicou 13 vagas para pessoas negras ou portadoras de deficiência. A banca organizadora que realizou o concurso neste caso foi o Cesp/UnB que agora é conhecido como Cebraspe.

As oportunidades da época eram para técnico judiciário na área administrativa e também técnico judiciário nas áreas de apoio especializado, como enfermagem e programação de sistemas, semelhante ao que se espera para este concurso que acontecerá em 2022. Portanto, agora é esperado que o órgão e a banca organizadora venham no início do ano com os demais detalhes par que o certame tenha seu andamento.


Nayara Silva Guimarães


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.